Caos on Canvas

Com mais de 10 anos, o projeto “Caos on Canvas” continua e agora chega no FAMA Museu no próximo dia 6 de novembro. Idealizado por Didu Losso, que também assina a curadoria da exposição ao lado de Sergio Scaff, o projeto apresenta o trabalho de 18 artistas brasileiros e estrangeiros que realizam intervenções nas fotografias de Lucas Lenci. Com edições anteriores ligadas às temáticas do surf e skate, dessa vez o Meio Ambiente e as Cidades são o fio condutor para as intervenções sob fotografias.

As imagens, como um conjunto, passeiam por paisagens que propõem lugares de encontro entre o meio ambiente e as cidades no Brasil e mundo afora. As fotografias, que recebem bordados, acrílico, spray, plástico e muita tinta, carregam ainda mais as cenas de sentido e convidam o espectador a refletir sobre os caminhos possíveis de convivência entre os dois meios – natural e inorgânico.

A montagem ganha peso extra pelo projeto expográfico, que evolui o conceito da exposição, com uma grande instalação, composta por 18 fotografias expostas dentro de esculturas de metal que se assemelham a minicontainers juntamente com 4 painéis inspirados também em portas de containers. À base de metais, os materiais ajudam a compor a percepção de contraponto entre o orgânico e industrial, ao mesmo tempo que circundam sem interferir na percepção das obras.

Inspirada na teoria do caos e no álbum “Chaos A.D” (1993) do Sepultura – que introduziu no cenário heavy metal inovações sonoras e estéticas – “Caos On Canvas” traz no cerne as premissas de ser coletivo, instigante e radical. O que antes era por meio dos esportes, agora aprofundamos o diálogo para jogar luz no tema das cidades e suas interferências no meio ambiente”, explica Didu Losso, idealizador, curador e também um dos artistas do projeto. “Dentro disso, nada mais natural que o time de artistas convidados também seja diverso, de variados suportes e linguagens, de diferentes lugares do globo, incluindo um coletivo de artistas com deficiência visual da Associação Laramara”, detalha.

A ideia da mostra é provocar artistas a criarem obras em fotografias impressas em canvas, ou seja, com a base de uma tela já iniciada, buscando misturar linguagens – artes plásticas e fotografia – e artistas de diversos estilos, especialmente buscando trazer para as telas a arte não usual a este suporte, como de grafiteiros, estilistas e tatuadores.

Artistas

Guto Lacaz, Gilberto Salvador, California Locos (Coletivo Californiano: John Van Hamersveld, Dave Tourjé e Nano Nobrega), Sandra Lapage, Tommy D Los Angeles, Alessandra Rehder, Anna Guilhermina Baglioni, Fabio Haben, Paulo Pitombo & Ricardo Agapê (Coletivo Laramara), Felipe Innocente, Fernanda Eva, Karl Limbeck, Neno Ramos, Sandra Lapage, Skinny Dog, Soberana Ziza, Tché Ruggi e William Baglione.

Serviço

CAOS ON CANVAS

06 de novembro a 18 de dezembro, no FAMA Museu
Endereço: Rua Dr. Graciano Geribelo n. 08 – Itu
Horário: Quarta a Domingo das 11hs às 17hs
Entrada do museu: R$ 10,00 (com política de gratuidade e meia-entrada)

BR EN ES
bursa escort - escort izmit - mersin escort bayan - eskişehir bayan escort - adana escort bayanbursa escort - escort izmit - mersin escort bayan - eskişehir bayan escort - adana escort bayan